Obra do Hospital do Amor em Sergipe avança.

O Hospital do Amor, antes conhecido como Hospital do Câncer de Barretos é uma instituição de referência no tratamento do câncer na América Latina. Instalar uma unidade no Nordeste é consolidar a região no mapa dos investimentos em Saúde do Brasil.

O local escolhido foi Lagarto em Sergipe, localizada a 80km da capital Aracaju. O terreno em que o hospital está sendo construído foi doado pela Prefeitura Municipal e o retorno deste investimento é inestimável para a população local, pois além de gerar empregos diretos e indiretos, será uma referência do tratamento do câncer de toda a região nordeste.

Obra do Hospital do Amor em Lagarto-SE

Oncoclínicas compra 100% da Cemise de Aracaju-SE por R$ 150 milhões

Oncoclínicas anunciou a aquisição de 100% da Cemise – ressonância magnética e tomografia computadorizada e da Cemise – centro de medicina integrada de Sergipe Eireli, com valor da firma (enterprise value) estipulado de aproximadamente R$ 150 milhões.

A Cemise é uma clínica de especialidades médicas com foco em saúde integrada, prevenção e diagnóstico no estado de Sergipe.

Umas das unidades da Cemise em Aracaju

Segundo a Oncoclínicas, são mais de 140 médicos especialistas que atuam em mastologia, urologia, gastroenterologia, dermatologia, entre outras especialidades, realizando mais de 3 mil consultas e 80 mil procedimentos mensais no modelo ambulatorial

A Oncoclínicas a exemplo de outras BIGs do mercado de Saúde tem investido pesado no NE, e isso tem elevado o a necessidade de proporcionar ainda mais qualidade e segurança nos serviços de Saúde da região.

Rede D’Or investe no interior do Estado da Bahia

FATO RELEVANTE

Rede D’Or São Luiz S.A. (“Companhia”), em atendimento ao parágrafo 4º do artigo 157 da Lei nº 6.404/7 6 (“Lei das Sociedades por Ações”) e a Instrução CVM 358/02, comunica aos seus acionistas e ao mercado em geral que, nesta data, sua afiliada Hospital Esperança S.A., celebrou Contrato de Compra e Venda de Ações referente à aquisição de participação representativa de 100% do capital social do Hospital Santa Emília, incluindo seus imóveis (“Santa Emília”). O valor de firma (firm value) é R$ 201.225.000,00 (duzentos e um milhões e duzentos e vinte e cinco mil reais). Deste valor será deduzido o endividamento líquido.

O Santa Emília é uma maternidade e hospital geral de referência na cidade de Feira de Santana, estado da Bahia, contando com 109 leitos já com a expansão de 35 leitos em andamento, com capacidade para expansão futura de mais 115 leitos, chegando ao total de 224 leitos.

Hospital e Maternidade Santa Emília usa Philips/TASY

Feira de Santana é a segunda maior Cidade do Estado da Bahia, atingindo 2,5 milhões de habitantes, com o maior PIB do interior do Nordeste.

O Fechamento da Operação está sujeito a verificação de determinadas condições usuais.

A previsão de EBITDA para o Santa Emília é de R$ 27.000.000,00 (vinte e sete milhões de reais) no ano de 2022, com parte das sinergias incorporadas, o que representa um múltiplo Valor de Firma/EBITDA de 7,5x.

A Operação reforça o compromisso da Companhia com a sua estratégia de expansão e visão de longo prazo, com o ingresso em novos mercados.

São Paulo, 28 de julho de 2021

Otávio de Garcia Lazcano
Diretor Financeiro e de Relação com Investidores

Quatro aquisições em um mesmo dia movimentam o mercado de saúde suplementar.

Dasa, Rede D’Or e Fleury anunciaram no último dia 01 de junho a compra de 4 (quatro) instituições de saúde. Sendo que o Fleury anunciou a compra de duas delas.

Somadas as operações acordadas por Dasa, Fleury e Rede D’Or somam quase 1,3 bilhões de reais. Ratificando a relevânia do segmento de saúde suplementar no mercado de ações.

O Fleury comprou duas redes de laboratórios de medicina diagnóstica no Estado do Espirito Santo: O Laboratório Pretti e Bioclínico, somados custaram aproximadamente 230 milhões de reais.


Hospital da Bahia visto do alto.

O Dasa adquiriu o Hospital da Bahia em Salvador, por R$ 850 milhões que serão pagos em dinheiro.

A Rede D’or tem acordo de compra do Hospital Serra Mayor, em São Paulo. O valor do ativo foi estabelecido em 130 milhões de reais, do qual é descontado do endividamento líquido no fechamento da operação.

Na foto, o Paulo Hoff a esquerda, Presidente da Oncologia D’Or

Tasy apoia gestão de operadora de saúde da Santa Casa de Ponta Grossa

“O Tasy em HTML5 nos ajuda a ter um controle melhor da operação. Isso é fundamental, pois trabalhamos com contratos cheios de particularidades” – Denise de Almeida – Supervisora de Apoio

Com mais de um século de existência, a Santa Casa de Misericórdia de Ponta Grossa funciona em um prédio tombado pelo patrimônio cultural do município. Nasceu modesta, em 1912, com apenas 12 leitos destinados aos doentes. Hoje, a construção de fachada amarela, encimada por uma torre com um grande relógio, é um hospital referência para a população da região de Campos Gerais.

A cada mês, realiza mais de 22 mil atendimentos e 900 internações. A tradicional instituição de saúde buscou na tecnologia o apoio para tornar mais eficiente a sua performance operacional, administrativa e Financeira. Desde 2005 adotou o sistema Tasy para auxiliar na gestão de seus 220 leitos, das UTIs adulto e neonatal, de nove centros cirúrgicos, maternidade, pronto-atendimento e laboratório. Para dar conta da infraestrutura desse complexo hospitalar, conta também com o auxílio de 190 médicos especialistas em seu corpo clínico e mais de 800 funcionários.

Em 2015, a entidade lançou o Santa Casa Saúde, um plano de saúde com o objetivo de oferecer cuidados e serviços mais acessíveis à comunidade local. “Como já éramos clientes do
Tasy no hospital, achamos que seria eficiente adotarmos o mesmo sistema para a operadora”, relembra Denise de Almeida, supervisora de Apoio.


Resultados

  • Agilidade na análise de resultados
  • Tomadas de decisões embasadas em mais indicadores
  • Controle aprimorado dos processos
  • Redução do tempo de análises de contas médicas em 88,68% para consultas, 56,91% para internação e 58,10% em SADT, entre 2018 e 2020

Clique aqui e acesse mais detalhes sobre o case.

A WS IT inicia 2021 no projeto GNDI – Hospital Salvalus

O Hospital e Maternidade Salvalus, é um complexo hospitalar situado na Mooca em São Paulo, com atendimento especializado em Ginecologia, Obstetrícia e Pediatria, ele dispõe de equipamentos de última geração e equipe multidisciplinar altamente qualificada. Sua infraestrutura é composta por pronto-socorro infantil, maternidade e leitos de UTI Adulto, Neonatal, Coronariana e Hospital-Dia. 

Centro Obstétrico projetado com 4 salas cirúrgicas para oferecer o que há de mais moderno; Sala “inteligente” permite visualizar cirurgias através de microscópio de alta tecnologia; Sala destinada a exames de congelação para utilização durante o período cirúrgico; Centro Cirúrgico possui 14 salas com equipamentos de última geração.

A WS IT aloca para este projeto um time de consultores especialistas em TASY / Philips, ratificando ainda mais a experiência do time para projetos no Nordeste.

Este é o 3° projeto do GNDI que a WS IT atua em São Paulo. A nossa parceria com a Philips está cada vez mais amadurecida, proporcionando à região do Nordeste, mais precisamente aos Estados da Bahia, Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Paraiba e Rio Grande do Norte, uma opção de Service Desk Philips.

Clique aqui e conheça mais o nosso cliente.

Atuação em projetos no Sudeste aprimora os serviços da WS IT.

Em fevereiro de 2020 a WS IT deu um passo importante no seu posicionamento no setor de TI para a Saúde, se tornando a maior integradora (hub) de soluções de inovação para Clínicas, Hospitais e Laboratórios.

Situada no Nordeste do Brasil, a WS torna-se a 1a Healthtech distribuidora Philps Clinical no Nordeste. Se aprimorando a cada dia em Service Desk Philips Tasy.

Hospital Notredame – Intermédica

Localizado em São Bernardo do Campo – SP, o Hospital São Bernardo – Intermédica é o 4° (quarto) projeto de alta complexidade que a WS IT participa em 2020. O segundo em SP. Ampliando assim a nossa expertise em TASY e ratificando a excelência dos nossos serviços.

Como a BP usou o Tasy EMR para aumentar a Segurança do Paciente e a Eficiência Operacional

A BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo é um dos maiores polos de saúde da América Latina, com cerca de 1.000 leitos, 7.500 colaboradores e 4.000 médicos.

Ao longo de mais de 160 anos de história, porém, toda essa estrutura foi gerenciada com pouco auxílio da tecnologia, o que tornava os processos lentos e de difícil gerenciamento. Por isso, a BP viu a necessidade de uma transformação digital, tendo como norte a promoção de uma melhor assistência ao paciente por meio de informação e tecnologia.

DESAFIOS

  • Protocolos desatualizados e sem barreiras automatizadas contra erros.
  • Faturamento lento e dependente de documentos em papel.
  • Dificuldade para gerar indicadores assistenciais. 
  • SLA (Service Level Agreement) de entrega de medicamentos de apenas 65%.

RESULTADOS

  • Diminuição de 10% na mortalidade por sepse.
  • Implantação de alertas automáticos de risco e contra erros.
  • Média de 60% do faturamento no mesmo mês contra menos de 40% antes do Tasy EMR, sem aumento de equipe.
  • SLA de entrega de medicamentos de 98% e consequente redução de eventos adversos relacionados a medicamentos.

“Ter o Tasy significa ter foco na segurança do paciente, controle da rastreabilidade e poder tomar decisões rapidamente. Não vivemos mais sem o Tasy.”
Denise Santos – CEO

“Graças a diversas iniciativas de gestão, inclusive o projeto de implantação do Tasy, o Ebita, que era de R$ 70 milhões negativos em 2013, passou para R$62,6 milhões positivos em 2016, R$ 102 milhões em 2017 e em 2018, chegou R$ 120 milhões””
Lilian Quintal Hoffmann, CIO e CCO.

Para o futuro

Com o processo de gestão estabelecido e mais eficiente o passo seguinte para a BP é trabalhar na expansão do negócio. “Não dá para imaginar fazer a expansão se não estivéssemos no nível de gestão da informação que temos hoje com o Tasy”, afirma Denise Santos.


Manuseio de alarmes no ambiente hospitalar
Assista à palestra de Lilian Quintal Hoffmann sobre o tema.
“Além da segurança do paciente, buscamos equipes saudáveis.”

Liderança é o tema do próximo Webinar – FORTIS.

Evento digital da WSit com opiniões, informações e debates de profissionais de diversas áreas sobre o mesmo assunto.

Não fique de fora. O evento é gratuito e você já pode se inscrever clicando na imagem abaixo.

Agenda FORTIS Maio/2020

Com temas relevantes e atuais, o WEBINAR FORTIS tem se tornado um importante fórum de debate, opinião e informação em tempos de pandemia. São visões de Profissionais de diversas áres sobre o mesmo assunto.


Confira o que vem a seguir abaixo:

Vagas limitadas no Zoom! Inscreva-se antecipadamente para este webinar gratuito:


https://us02web.zoom.us/webinar/register/WN_jP8mevh1QS-6CKJaMGnM3A

Acompanhe no YOUTUBE ou ZOOM. Clique AQUI e se inscreva!

Click no link e acesse o WEBINAR